quarta-feira, 25 de março de 2009

JOGO DE PEGA VARETAS

Objetivos

Que o aluno seja capaz de:

  • Desenvolver seu pensamento somativo, multiplicativo e divisível;
  • Pensar proporcionalmente;
  • Abstrair reflexivamente o conceito de adição, multiplicação subtração e divisão;
  • Formalizar o conceito das operações aplicadas;
  • Fixar conteudos
  • Resolver expressões numéricas envolvendo adições, multiplicações, subtrações e divisões;
  • Despertar sua atenção e curiosidade;
  • Desenvolver o espírito de competição, consciência de grupo, coleguismo e companheirismo.

Nº de jogadores: de 03 a 04;

Material:06 jogos de pega varetas;

Modo de jogar: os jogadores recebem as varetas que deverão do modo que o jogo funciona tradicionalmente.Um jogador segura as varetas e lança para cima para que caiam amontoaas sobre a mesa. O aluno deverá levantar uma vareta de cada vez, se mexer uma vareta , passa a vez. O jogo procede desse modo até que todos as varetas sejam retiradas( correspondendo ao número de frutas do problema apresentado para que desse ponto possam pensar na resolução do problema. Vence a o grupo que chegar primeiro aos resultados .

SITUAÇÃO-PROBLEMA

Tereza foi à quitanda, comprou 15 bananas, 10 maçãs,,05 pêssegos e 06laranjas. Ela queria fazer uma salada de frutas com suas 05 amigas.

Quantas frutas Tereza comprou?

Tereza dividiu essa quantidade de frutas igualmente entre as 05 amigas quantas frutas ficaram para cada menina?

Sobrou alguma fruta?

Quais operações você usou para resolver o probleminha?

Com quantas e quais varetas você pode representar o número de:
  • bananas.........................................
  • pêssegos........................................
  • maçãs.............................................
  • laranjas..........................................



2 comentários:

maurina disse...

E muito bom Ariandenis trabalhar com jogos em sala de aula porque além de ser muito produtivo os alunos levam para casa e brincam tamb~em com seus irmãos e traz novas possibilidades ajudando assim encontrar novas estrategias para desvendar cada vez mais o mistério do jogo parabéns Maurina.

Unknown disse...

NOVO OLHAR SOBRE A MATEMÁTICA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Abril 2011,
www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2011/124-edicao-93--abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica

MÁRIO SERRA - ENGENHEIRO, MATEMÁTICO E AMAZÔNIDA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Ano XXVIII Nº 120. Agosto e Setembro de 2014,
http://www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2014/152-2014-08-01-17-25-17/1618-2014-08-04-14-34-28

RENATO PINHEIRO CONDURÚ (Belém-Pa, 25/08/1926 - 23/06/1974), ENGENHEIRO-MATEMÁTICO PARAENSE: INDO DO GUAMÁ ALÉM DO VAL DE CÃES ( solicite por e-mail: jbn@ufpa.br)

ALGUMAS MULHERES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA E QUESTÃO DE GÊNERO EM C & T.
http://sitiodascorujas.blogspot.com.br/2013/06/mulheres-na-matematica.html

CONSTANTINO MENEZES DE BARROS I - MATEMÁTICO QUE LIGA O PARÁ/BR AOS MAIORES CENTROS DO MUNDO E COMPARÁVEL AOS GRANDES ÍCONES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA (II a V não publicados, disponível por e-mail), (Óbidos-Pa, 19/08/1931, Rio de Janeiro-RJ, 06/03/1983), Ex-Docente UFF e UFRJ,
www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2149-vida-e-obra-de-constantino-menezes-de-barros

PROFESSORA SANTANA: Candidata a Melhor Docente do Ensino Básico Paraense, Blog Chupa Osso, 23 Junho 2013, www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2453-proessora-santana-candidata-a-melhor-docente-do-ensino-basico-paraense

SABER MATEMÁTICO E CULTURA INDÍGENA, blogue da AICL, 20 de Setembro de 2011,
http://coloquioslusofonia.blogspot.com.br/2011/09/saber-matematico-e-cultura-indigena.html

PAIRÉ CAMETAENSE: UMA BELA OBRA EM MATEMÁTICA E ENGENHARIA (não publicado, disponível por e-mail: jbn@ufpa.br)

CONHEÇA MARIA LAURA MOUZINHO LEITE LOPES, UMA DAS PRIMEIRAS DOUTORAS EM MATEMÁTICA DO BRASIL!,
http://encontrodejovenscientistas.com/2015/02/02/conheca-maria-laura-mouzinho-leite-lopes-uma-das-primeiras-doutoras-em-matematica-do-brasil/

NASCIMENTO, J.B., GOMES, S.C. L., MAGNO, C. S. E MOREIRA, A. M. S. , CICLOIDE E BRAQUISTÓCRONA, www.sobralmatematica.org/preprints/preprint_2015_01.pdf, acesso fev/15